Está aqui

Notícias

19 Mar 2020
A Comissão Municipal de Proteção Civil do Município de Aveiro (CMPC-MA) por proposta da Câmara Municipal de Aveiro (CMA), na sua reunião de sábado, 14MAR20, deliberou constituir e ativou a Subcomissão Extraordinária1 de acompanhamento, monitorização e operacionalização dos planos de contingência, de acordo com o estabelecido na declaração de alerta para o combate à Pandemia Covid-19 / Coronavírus, tendo hoje sido ativado o Plano Municipal de Emergência.
19 Mar 2020
Atendendo à atual situação de combate à pandemia do Coronavírus/Covid-19, informam-se os Munícipes das alterações e recomendações que foram promovidas pela Câmara Municipal de Aveiro (CMA) no serviço de gestão de resíduos urbanos na área do Município de Aveiro, em estreita colaboração com o nosso prestador de serviços Veolia Portugal e com a concessionária de recolha seletiva ERSUC:
18 Mar 2020
Em formato PDF os leitores podem ler na íntegra o Decreto que determina as condições para o estado de Emergência. Joaquim Carlos Presidente da Direcção da ADASCA
18 Mar 2020
O Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST) admitiu hoje “uma forte redução no número de dadores”, devido ao surto de Covid-19 no país, tendo decidido avançar para o nível amarelo de alerta. Em resposta enviada à Lusa, o IPST, presidido por Maria Antónia Escoval, reconheceu também “uma redução” na reserva estratégica nacional de sangue, acompanhada de “uma diminuição de 22 por cento no número de colheitas realizadas”. No entanto, o organismo público garantiu que as necessidades imediatas estão asseguradas.
26 Fev 2020
Actualizado a 25 de Fevereiro, tendo em conta o seu interesse público, e simultaneamente para alertar quem de direito que não faltam dadores nos locais de colheitas de sangue, mas, organização e sentido de responsabilidade. Deixem de brincar com quem se disponibiliza para doar sangue, muitos dos quais não têm ordenados certos no final da cada mês. Ninguém faz nada? É justificar os comunicados “gritantes” alegando que não existe sangue suficiente, sempre com as mesmas justificações? É tempo de alterar a retórica.

Páginas